27 de mar de 2011

Robótica Educacional - Como funciona

A Robótica Educacional possibilita o desenvolvimento da criatividade, das relações entre as pessoas, do trabalho em equipe, da ética e da cidadania, permitindo ao professor praticar ações que desenvolvam nos alunos motivação, memória, linguagem, atenção, percepção, emoção. Essa metodologia contempla quatro fases: Contextualizar, Construir, Analisar e Continuar. Ao contextualizar, estabelece-se uma conexão dos conhecimentos prévios, que o aluno possui, com os novos e insere-se uma atividade prática, podendo ser uma situação-problema relacionada com o mundo real. Ao construir, os alunos farão montagens relacionadas com a situação-problema proposta pela contextualização, ocorrendo nesse momento uma constante interação mente/mãos. O processo de construção física de modelos proporcionará um ambiente de aprendizagem fértil para o processo de mediação a ser realizado pelo professor, que negociará conflitos, ouvirá diferentes idéias e opiniões dos grupos para os mesmos problemas propostos e orientará quanto ao uso racional e efetivo da tecnologia. Ao continuar, os alunos exercem o desejo natural que todo ser humano tem de aprender e conhecer coisas. É proposto um novo desafio, estreitamente relacionado com o tema, estimulando os alunos a entrar em uma espiral de aprendizagem, na qual – a cada nível superior – valorizam-se os conhecimentos prévios, equilibrando assim a relação habilidades/desafios. Analisar, os alunos pensam sobre como as coisas funcionam, experimentando, observando, analisando, corrigindo possíveis erros e validando, assim, o projeto.


Todo projeto proposto é aplicado por meio do trabalho em equipe, no qual cada componente tem uma função:

• ORGANIZADOR é o responsável pela maleta de tecnologia. Ele coordena a contagem das peças no início e fim do trabalho e registra o trabalho em relatórios, com informações do projeto.

• CONSTRUTOR é o responsável pela coordenação das montagens e pela organização de seus companheiros, para que eles participem.

• PROGRAMADOR é o responsável pela elaboração do programa que controlará e automatizará a montagem usando o PC e o bloco programável.

• APRESENTADOR/LÍDER DE EQUIPE é o responsável por apresentar para a classe a montagem pronta, como funciona, para que serve, bem como a opinião da equipe. Leva as dúvidas da equipe ao professor e coordena a execução do projeto.

As funções são trocadas a cada atividade, com a finalidade de que cada integrante da equipe experimente todas elas.

Em cada uma das atividades propostas busca-se desenvolver competências nos alunos. Portanto, o processo de avaliação é contínuo e cumulativo, considerando as fases de desenvolvimento da atividade e o trabalho em equipe para se chegar a um resultado, e não apenas o resultado que o professor tem em mente.

O Projeto de Robótica Educacional da Escola acontece em através de oficinas no turno inverso ao ensino regular e/ou em momentos de aula, inseridos no conteúdo desenvolvido pelo professor.

Os alunos que participam das oficinas inscrevem-se no início do ano e caso a demanda seja maior que o número de vagas oferecidas, ocorrerá um sorteio público das vagas, ficando os alunos não sorteados em uma lista de espera.

As oficinas de Robótica Educacional ocorrerão no turno inverso, para cada 1h30min de aula serão disponibilizadas 16 vagas. As vagas serão destinadas a alunos de B30 e C.

O material utilizado nas atividades de Robótica são os kit de peças da Lego (a Escola possui 8 kits) e computadores com o programa Robolab.

Além das aulas de Robótica Educacional, haverá a participação dos alunos em campeonatos de robótica, mostras de trabalhos científicos e eventos buscando socializar os conhecimentos trabalhados nas aulas e aprender com outras pessoas. Para essas atividades fora da Escola serão selecionados alunos que participaram das aulas de Robótica e tenham demonstrado: responsabilidade, assiduidade, pontualidade, respeito, espírito de equipe e conhecimentos técnicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE O SEU RECADO: